Pixi.

Pixi is a creative multi-concept WordPress theme will help business owners create awesome websites.

Address: 121 King St, Dameitta, Egypt
Phone: +25-506-345-72
Email: [email protected]

Black Friday B2B: todos nós adoramos um negócio

  • Por Josele Delazeri
  • 11 de novembro de 2021
  • 0 Comentários
  • 24 Visualizações

 

Black Friday B2B: todos nós adoramos um negócio

Em primeiro lugar, nesta época do ano, as empresas B2C começam a planejar o feriado de vendas mais importante – a Black Friday. 

Mas, a Black Friday também pode funcionar para empresas B2B?

Principalmente, se você pensou que a Black Friday era apenas relevante para as marcas b2c, é hora de repensar. 

Sobretudo, com mais interações b2b do que nunca ocorrendo digitalmente em vez de face a face.

Logo,  a Black Friday está se tornando mais relevante para o comércio eletrônico b2b do que nunca. 

Também oferece a oportunidade de se concentrar em um aumento nas vendas antes do Natal.

Portanto, destaque-se participando da Black Friday, pois pequenos jogadores B2B estão fazendo isso.

Quais as diferenças entre e-commerce B2B e B2C?

Acima de tudo, os termos não são tão novos, mas ainda despertam dúvidas. Saiba mais sobre os conceitos:

B2B — Business-to-Business

Então, é o comércio realizado entre empresas. No caso do e-commerce, é representado por uma plataforma que disponibiliza o ambiente em que uma empresa — geralmente indústria, fornecedor (distribuidor, importador ou revendedor) — vende para outras empresas.

Enfim, a natureza da transação pode ser revenda, transformação ou consumo.

B2C — Business-to-Customer

Portanto, é o comércio realizado entre empresa e consumidor. É quando o e-commerce vende para o consumidor final.

Assim sendo, vale lembrar que o crescimento do comércio eletrônico foi exponencial nos últimos anos, até pelo fato da população ter sido orientada a evitar a circulação pelas ruas, em razão da pandemia.

Deste modo, como é possível verificar, o que vai caracterizar o tipo de comércio que o e-commerce pratica é a atividade-fim e a quem se destina — e não o produto.

Em vista disso, apesar de os meios usados para colocar as duas modalidades em prática serem, basicamente, os mesmos, existem diferenças consideráveis na forma com que esses canais de comunicação devem ser utilizados.

Todo mundo fica estressado na Black Friday, mas, entre nós, os compradores são os que têm mais facilidade 😉 Nos bastidores, equipes inteiras de TI, marketing e suporte ao cliente precisam preparar uma estratégia sólida.

Dicas para uma campanha de marketing Black Friday B2B

  1. Unificar campanhas através dos canais físicos e digitais

Acima de tudo, considere os canais relevantes para executar uma campanha de marketing da Black Friday. 

Primeiro, onde estão localizados os clientes em potencial? Será feito na loja física e online, ou apenas online? 

Principalmente, isso significará fornecer vários ativos que diferem de acordo com o canal e garantir que eles ainda ofereçam uma mensagem unificada.

2) Deixe seu site atualizado

Então, se a sua empresa decidir adotar o período da Black Friday, seu site (e os níveis de estoque) precisam estar prontos. 

Enfim, sua plataforma de e-commerce precisa ter uma interface de usuário intuitiva e uma experiência de checkout perfeita, oferecendo várias opções de pagamento. 

Imediatamente, você também precisa ter um alto nível de funcionalidade móvel.

3) Black Friday Light Box

via GIPHY

Assim sendo, os popups e lightboxes de sites oferecem uma maneira fácil de atrair a atenção e o interesse em receber atualizações suas. 

Em resumo, os varejistas online usarão essas ferramentas que chamam a atenção para destacar as ofertas, mas também como uma forma de obter inscrições por e-mail.

4) O elemento surpresa!

O melhor fator para o aumento de vendas é justamente que poucos estão esperando que a sua empresa participe da Black Friday no B2B. E se ela for apenas B2B, a surpresa é ainda maior.

5) Comece com um Retro

Antes de qualquer grande projeto, você começa medindo onde você está. Este é o ponto de referência a partir do qual podemos melhorar. 

Quando se trata de Black Friday, podemos analisar algumas áreas:

Pegue o tráfego e os resultados de vendas do ano passado e defina-os como as metas iniciais. Você quer ser melhor do que isso, então essas devem ser nossas expectativas mínimas.

Se você não pode fazer um desconto, o que pode oferecer?

Se as coisas estão um pouco apertadas, mas você ainda está ansioso para pegar carona na Black Friday, pense no que você pode oferecer com o menor custo possível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *