Pixi.

Pixi is a creative multi-concept WordPress theme will help business owners create awesome websites.

Address: 121 King St, Dameitta, Egypt
Phone: +25-506-345-72
Email: [email protected]

E-commerce significado (2020)

  • Por Josele Delazeri
  • 22 de dezembro de 2020
  • 0 Comentários
  • 171 Visualizações

A primeira transação de comércio eletrônico foi feita em 1994. Um cara chamado Phil Brandenberger usou seu Mastercard para comprar os Dez Summoners ‘Tales de Sting pela Internet por US $ 12,48. Essa transação em particular fez história e sinalizou para o mundo que a “internet está aberta” para transações de comércio eletrônico. 

O comércio eletrônico, também conhecido como comércio pela Internet, refere-se à compra e venda de bens ou serviços pela Internet e à transferência de dinheiro e dados para a execução dessas transações. O comércio eletrônico costuma ser usado para se referir à venda de produtos físicos online, mas também pode descrever qualquer tipo de transação comercial facilitada pela Internet.

O comércio eletrônico pode ser classificado em quatro categorias principais. Os quatro modelos básicos de comércio eletrônico são os seguintes: business to business (B2B), business to consumer (B2C), consumer to consumer (C2C), consumer to business (C2B).

É muito importante considerarmos também o mobile e-commerce (M-commerce) é uma modalidade de e-commerce em ascensão que apresenta transações de vendas online realizadas por meio de dispositivos móveis, como smartphones e tablets. M-commerce inclui compras móveis, serviços bancários móveis e pagamentos móveis. Os chatbots móveis também oferecem oportunidades de comércio eletrônico para empresas, permitindo que os consumidores concluam transações com empresas por meio de conversas de voz ou texto.

Quais são os benefícios do comércio eletrônico?

Há um motivo pelo qual o comércio eletrônico demonstrou um crescimento tão explosivo nos últimos anos. Na verdade, com a internet se tornando um requisito essencial da vida cotidiana, as empresas estão aprendendo a tirar proveito dos inúmeros benefícios do comércio eletrônico, os mais notáveis ​​são:

  • Mercado global. Uma loja física sempre será limitada por uma área geográfica que pode servir. Uma loja online, ou qualquer outro tipo de negócio de comércio eletrônico para esse assunto, tem o mundo inteiro como seu mercado. 
  • Disponibilidade 24 horas. Outro grande benefício de administrar um negócio online é que ele está sempre aberto. Para um comerciante, é um aumento dramático nas oportunidades de vendas; para um cliente, é uma opção conveniente e imediatamente disponível. Sem restrições ao horário de trabalho, as empresas de comércio eletrônico podem atender clientes 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.
  • Custos reduzidos. As empresas de comércio eletrônico se beneficiam de custos operacionais significativamente mais baixos. Como não há necessidade de contratar equipe de vendas ou manter uma loja física, os principais custos do comércio eletrônico vão para marketing e armazenamento de produtos. 
  • Gestão de inventário. As empresas de comércio eletrônico podem automatizar o gerenciamento de estoque usando ferramentas eletrônicas para acelerar os procedimentos de pedido, entrega e pagamento. 
  • Marketing direcionado. Com acesso a tantos dados de clientes e uma oportunidade de ficar de olho nos hábitos de compra dos clientes, bem como nas tendências emergentes da indústria, as empresas de comércio eletrônico podem permanecer ágeis e moldar seus esforços de marketing para fornecer uma experiência mais personalizada e encontrar novos clientes.
  • Atendendo a nichos de mercado. É difícil dimensionar um produto de nicho para se tornar popular. Por outro lado, entrando em um mercado global, os varejistas de comércio eletrônico podem construir um nicho de negócios altamente lucrativo sem qualquer investimento adicional. Usando recursos de pesquisa online, clientes de qualquer canto do mundo podem encontrar e comprar seus produtos.
  • Trabalhando em qualquer lugar. Frequentemente, administrar um negócio de comércio eletrônico significa que você não precisa ficar sentado em um escritório das 9h às 17h, nem sofrer com o deslocamento todos os dias.

Lembrando a importância do M-commerce. Com o amadurecimento dos smartphones e da conectividade móvel de alta velocidade, os consumidores estão experimentando mais uma mudança nas compras online. As mudanças no cenário do varejo digital são lideradas pela introdução do mobile. #nuncaparedevender

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.