Pixi.

Pixi is a creative multi-concept WordPress theme will help business owners create awesome websites.

Address: 121 King St, Dameitta, Egypt
Phone: +25-506-345-72
Email: [email protected]

E-commerce não é um modelo de negócios, é um canal de vendas

  • Por patriciadalmolin
  • 14 de junho de 2022
  • 0 Comentários
  • 73 Visualizações

O varejo on-line é um negócio em expansão. Hoje, é fundamental que as empresas mantenham canais de vendas na internet, e ter uma loja própria é muito importante. Mas, já vimos muitas empresas de e-commerce lutando para obter tração. 

Levamos anos para aprender tudo incluído neste conteúdo. Primeiramente, use as informações aqui para colocar suas finanças em ordem, comercializar e vender seu produto e, de fato, começar a construir sua loja.

Sobretudo, o e-commerce precisa ser visto como uma área estratégica dentro da sua empresa. Alcançar bons números de vendas depende de como uma empresa alcança o consumidor. Logo, ter bons canais de vendas que se conectam bem com o público impacta diretamente nos resultados e desenvolve ainda mais o negócio.

Passo 1 – Escolha a melhor persona para a sua realidade

Quando falamos em e-commerce ele pode ser B2B (venda no atacado) ou B2C (venda para o consumidor final), e o melhor pode ser os dois.

Passo 2 – Gestão financeira

O aspecto mais importante de um negócio é o financeiro. Então, descubra seu ponto de equilíbrio, tanto em vendas unitárias, quanto em duração (em meses). Qualquer negócio real é um investimento de recursos. 

Na verdade, essa foi uma das primeiras coisas que aprendemos na prática. O papel de um e-commerce é pegar recursos, e transformá-los em resultados financeiros. Por isso, o e-commerce não faz parte do centro de custos de sua empresa, mas sim, deve ser observado como um gerador de receita.

Passo 3 – Gestão de estoque

Um ponto essencial da gestão do estoque no e-commerce, é integrar o estoque da loja física com a loja online. Considere a sua loja física um centro de distribuição, e com o crescimento do volume de vendas o fulfillment, ou seja, terceirizar também armazenamento, e entrega em centros de distribuição.

Passo 4 – Tornando sua loja de comércio eletrônico um centro de operações

Diversificar seus canais de comércio eletrônico é uma obrigação para qualquer estratégia de sucesso. No entanto, é o seu site – não os canais externos – que deve estar no centro de tudo. Os canais de vendas são uma das ferramentas mais poderosas do mundo do comércio eletrônico. 

Eles não são apenas críticos para aumentar o volume de vendas, mas ajudam sua marca a permanecer competente e competitiva em um cenário digital cada vez mais complicado.  Aproveite-os para possuir todos os aspectos da experiência do cliente — compra, devoluções, etc. — e alcance os consumidores finais de uma forma que cause um impacto duradouro.

É importante estar em vários canais de vendas online, mas o foco deve ser na sua loja virtual, que é a sua casa, o seu endereço na web. No final das contas, o elemento mais importante de qualquer estratégia de canal de vendas é construir seu coração pulsante – sua loja de comércio eletrônico. Faça o que puder para desenvolver um acampamento base central em seu site e, em seguida, crie canais de vendas individuais que se baseiam em sua estratégia.

Artigo produzido por Josele Delazeri

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.