Pixi.

Pixi is a creative multi-concept WordPress theme will help business owners create awesome websites.

Address: 121 King St, Dameitta, Egypt
Phone: +25-506-345-72
Email: [email protected]

As regras do jogo para quem tem loja online

  • Por Josele Delazeri
  • 8 de outubro de 2021
  • 0 Comentários
  • 98 Visualizações

 

As regras do jogo para quem tem a sua própria loja online

Sobretudo, durante séculos, o sucesso no comércio foi definido por uma fórmula simples. 

Garanta um lugar lucrativo para o seu carrinho. 

Grite mais alto do que seu concorrente para atrair mais tráfego de pedestres. 

Opere a um custo menor para embolsar mais lucros.

Nos dias de hoje, mais pessoas estão procurando empreender.

A Internet torna essa meta mais acessível do que nunca, e o comércio eletrônico é um caminho empolgante para o sucesso.

Primeiramente, os principais marketplaces, como Amazon e Mercado Livre, vêm com políticas restritivas ao vendedor. 

Acima de tudo, esses locais minimizam a marca dos comerciantes para manter sua própria imagem homogênea.

Os vendedores com suas próprias lojas online jogam um jogo diferente. 

Principalmente, eles têm controle total sobre as experiências de seus clientes. 

Seja reorganizando a colocação do produto ou destacando uma venda na loja, os comerciantes podem usar seu site para se conectar diretamente com seus clientes e incentivar as compras.

Mas, com tanta liberdade, os proprietários de lojas online podem não saber por onde começar com a curadoria de sua loja.

Plano certo

Uma coisa de que você precisa para ter sucesso, no entanto, é o plano certo. 

E é exatamente isso que reservamos para você.

Vamos ajudar você nesse desafio!

Recomendações para o seu e-commerce

via GIPHY

1. Uma página “Sobre nós” incrível

Se um visitante for para a sua página “Sobre nós”, isso significa que ele já está interessado em você e está lhe dando a chance de provar a ele que seu produto é o melhor. 

O que você precisa fazer é definir claramente o que você é, o que faz e, o mais importante, o que oferece aos clientes. 

Principalmente, todos os depoimentos, conquistas e qualquer tipo de prova social são bem-vindos aqui.

2. Analise suas personas 

As melhores ideias de produtos de comércio eletrônico nascem na interseção de necessidades, preferências e interesses entre o público-alvo.

Crie um conjunto de buyer personas ideais, preenchido com:

Dados demográficos – idade, localização, ocupação, renda

Dados psicográficos – interesses, valores, crenças, lutas e aspirações

Oferta

3. Oferta

Escolha o que vender!

Então, você precisa restringir o que estará vendendo.

Se você já tem uma loja física existente, pode começar pequeno adicionando apenas os itens mais populares ao seu site de comércio eletrônico primeiro. 

Enfim você pode adicionar mais itens mais tarde.

Para quem está começando, considere começar apenas com seus produtos principais.

Isso torna menos difícil começar e aumenta suas chances de lançar no prazo, em vez de esperar que tudo seja adicionado antes de começar a ganhar dinheiro.

A partir daí, descubra quanto você vai cobrar por esses itens.

Considere quanto eles custam antes de definir um preço para criar um lucro saudável.

Você também precisa pensar sobre os custos de envio.

Quanto você vai cobrar pelo frete? Você oferecerá frete grátis para clientes que atingirem um valor mínimo de compra?

Lembre-se de que você deseja que seus custos de envio sejam os mais baixos possíveis. 

Caso contrário, você rejeitará a maioria dos clientes em potencial.

4. Mecanismos de recomendação

Em resumo, os mecanismos de recomendação contribuem significativamente para a capacidade de sua loja online de ativar e reter clientes. 

56% dos clientes são mais propensos a retornar a um site que oferece recomendações de produtos, e 75% dos nativos digitais, a geração de pessoas que nasceram e cresceram em torno das mídias sociais, esperam experiências de compra personalizadas em sites de comércio eletrônico. 

Otimize seu site

5. Otimize seu site

Você não pode simplesmente lançar um site e esperar que as pessoas o encontrem. 

Portanto, ele precisa ser otimizado para atrair tráfego por meio de mecanismos de pesquisa. 

Usar palavras-chave nas descrições do produto é uma tática, mas deve ser apenas o começo.

Experiência do usuário

Em suma, o mercado de comércio eletrônico é altamente competitivo, onde o desempenho e a velocidade do site desempenham um papel importante. 

Ofertas atraentes e seleções de produtos não são suficientes para ficar à frente da concorrência. 

Além disso, a experiência do usuário também é um fator importante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *