Pixi.

Pixi is a creative multi-concept WordPress theme will help business owners create awesome websites.

Address: 121 King St, Dameitta, Egypt
Phone: +25-506-345-72
Email: [email protected]

7 dicas concorrência no e-commerce em 2021

  • Por Josele Delazeri
  • 17 de maio de 2021
  • 0 Comentários
  • 151 Visualizações

 

7 dicas concorrência

no e-commerce

  1. Esteja no mercado certo
  2. Realizar uma análise do concorrente
  3. Foco na construção da confiança do consumidor
  4. O Google ajuda também no monitoramento da concorrência
  5. Detalhe
  6. Use design amigável ao consumidor
  7. Sempre tente ficar competitivo

 

7 dicas concorrência no e-commerce

# 1 – Esteja no mercado certo

Primeiramente, talvez a dica mais importante.

Principalmente, para colocar sua empresa em uma posição de deixar sua concorrência comendo poeira.

Sobretudo, seja entrar na corrida certa. 

Então, muitos mercados ficam tão saturados de vendedores.

Enfim, que qualquer novo e-commerce tem de recorrer imediatamente à concorrência a um preço comoditizado. 

# 2 – Realizar uma análise do concorrente

Enfim, aprender com a concorrência de e-commerce ajuda a identificar novas tendências.

Logo, antecipar as mudanças do mercado. 

Além disso, ajuda a determinar as barreiras potenciais dentro do seu nicho.

Imediatamente, tomar decisões mais informadas. 

Pouco depois, você precisa de uma estratégia.

Em vista disso, que garanta que você está acompanhando sua concorrência continuamente. 

Em seguida, isso garantirá que você atualize a visão de seu cenário competitivo e acompanhe as mudanças. 

Afinal, por onde começar?

Então, o que você deve cobrir em sua análise da concorrência? 

Principais concorrentes

Agora, você pode identificar a principal concorrência em seu setor usando o Google e a Amazon. 

Atualmente, basta pesquisar uma ideia geral de produto, nome comercial ou produtos. 

Não raro, a próxima etapa é categorizar sua concorrência em competição primária, secundária ou terciária. 

Ao mesmo tempo, seus principais concorrentes no e-commerce são seus concorrentes diretos. 

Simultaneamente, isso significa que vocês estão almejando o mesmo público ou oferecem os mesmos produtos. 

Por outro lado, concorrentes secundários podem vender os mesmos produtos para um público-alvo diferente. 

Finalmente, a competição terciária inclui negócios relacionados que podem vender para o mesmo público. 

 

via GIPHY

Confiança do consumidor

# 3 – Foco na construção da confiança do consumidor

Primeiramente, a confiança é a cola de um relacionamento de longo prazo de sucesso no e-commerce. 

Também é o resultado natural de honestidade e consistência, que irá lhe destacar da concorrência.

# 4 – O Google ajuda também no monitoramento da concorrência

Acima de tudo, o Google é o endereço principal para qualquer informação.

Principalmente, isso também se aplica ao monitoramento da concorrência. 

Sobretudo, o desenvolvimento de palavras-chave é muito informativo.

Então, quais termos os clientes estão procurando? 

Enfim, o Google Trends fornece respostas. 

Afinal, com o passar do tempo, a popularidade das palavras-chave permite conclusões bem fundamentadas.

Agora, este tipo de monitoramento de mercado, com o Google por exemplo.

Frequentemente, mostra desenvolvimentos sazonais, que podem ser usados ​​para promover sua estratégia.

# 5 – Detalhe

Em primeiro lugar, se você deseja se posicionar como um varejista de marcas premium, por exemplo. 

Conforme, convém entender e monitorar outros varejistas que vendem as mesmas marcas, a concorrência.

Ou marcas semelhantes. 

Bem como, considere monitorar outros influenciadores da decisão de compra.

Portanto, como análises de produtos. 

Por isso, esse insight pode ajudar nas decisões de negócios de estocar determinados produtos.

Ou descontinuar outros. 

Assim sendo, você também pode monitorar as promoções da concorrência.

Em síntese, que pode estar tirando negócios do seu e-commerce. 

Design amigável

# 6 – Use design amigável ao consumidor

Em primeiro lugar, a forma como sua loja de e-commerce é projetada é um dos fatores mais importantes.

Diante disso, para fazer vendas e superar sua concorrência. 

Hoje em dia, existem tantas lojas online para os consumidores navegar.

Enfim, que eles não se incomodarão em permanecer em seu e-commerce se ele não for atraente.

Em resumo, não mostrar rapidamente que podem encontrar o que procuram ou é difícil navegar.

 

# 7 – Sempre tente ficar competitivo

Em vista disso, para ser franca: o seu negócio não sobreviverá se você se concentrar apenas na concorrência.

Destarte, esquecer os custos de fabricação. 

Inclusive, os preços definidos pelos concorrentes podem influenciar o preço de outra empresa.

via GIPHY

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.