Pixi.

Pixi is a creative multi-concept WordPress theme will help business owners create awesome websites.

Address: 121 King St, Dameitta, Egypt
Phone: +25-506-345-72
Email: [email protected]

11 Dicas para e-commerce de artesanato

  • Por Josele Delazeri
  • 14 de abril de 2021
  • 0 Comentários
  • 26 Visualizações

 

11 Dicas para e-commerce de artesanato

  1. Imagens inspiradoras no e-commerce
  2. Crie tutoriais de artesanato e conteúdo prático útil
  3. É a sua história, então conte – honestamente
  4. NÃO seja anti – social
  5. Use sua criatividade para criar seu e-commerce 
  6. Enviar e-mails de carrinho abandonado
  7. Tenha um plano de negócios
  8. Faça pesquisa de mercado
  9. Forneça apenas informações precisas
  10. Dê a seus clientes o que eles desejam
  11. Trabalhe nisso todos os dias – mas seja paciente

11 Dicas para e-commerce de artesanato

#1 – Imagens inspiradoras

Primeiramente, uma imagem vale mais que mil palavras no e-commerce.

Então, para vender totalmente o seu produto, mas também a sua marca para os visitantes que conheceram o seu site.

Logo, certifique-se de usar apenas imagens inspiradoras. 

Por fim, imagens que vendem o produto em sua verdadeira glória.

Do mesmo modo, sem deixar nenhum lado descoberto.

Conforme podem ajudar a vender, e fazer com que os clientes cliquem no botão comprar agora.

#2 Crie tutoriais de artesanato e conteúdo prático útil

Portanto, para empresas fabricantes, o marketing de conteúdo pode ser uma das técnicas mais eficazes para expandir seus negócios de e-commerce.

Também não é preciso muito investimento para começar, apenas sua própria astúcia e experiência.

#3 – É a sua história, então conte – honestamente

Principalmente, seus clientes querem saber do que se trata sua empresa de e-commerce.

Portanto, sua página Sobre nós deve dizer a eles o que você faz e porquê. 

Sobretudo, forneça aos consumidores as informações sobre sua empresa de maneira convincente, mas honesta. 

Então, faça-os rir. . . ou chorar. 

Enfim, deixe seus clientes saberem onde você esteve, onde você está e como você chegou lá. 

Logo, que problemas você enfrentou? Como você os superou?

Não seja anti-social

#4 – NÃO seja anti – social

Sobretudo, este pode ser o seu próprio site de e-commerce.

Mas, estamos todos juntos nisso. 

Então, você não pode ter sucesso na gestão de um negócio online se não sair e se socializar. 

Logo, pode ser tentador escrever um monte de descrições de produtos, tirar suas fotos e encerrar o dia.

Mas, a verdade é que sua empresa depende da construção de relacionamentos com todos os tipos de pessoas.

#5 – Use sua criatividade para criar seu e-commerce

Assim sendo, marque seu novo site para mostrar sua personalidade. 

Deste modo, considere adicionar um blog ao site.

Diante disso, fazer uma página “sobre” para explicar seu negócio e talvez contar sua história.

Além de fornecer informações de contato e atendimento ao cliente. 

#6 – Enviar e-mails de carrinho abandonado no e-commerce

Certamente, muitas vezes, um internauta abandona o carrinho de compras, sem finalizar a compra. 

Contudo, não importa o que realmente aconteceu.

Primeiramente, você só tem algumas horas para convencer essas pessoas a agirem. 

Então o que você pode fazer? 

Sobretudo, uma opção seria configurar os e-mails do carrinho abandonado. 

Em outras palavras, você precisa fazer um acompanhamento. 

Enfim, talvez o cliente estivesse a ponto de comprar algo quando foi interrompido e esqueceu totalmente o carrinho de compras. 

Logo, se você não lembrá-los, eles nem saberão. 

Sempre certifique-se de que o e-mail seja enviado imediatamente. 

Não raro, se a pessoa sai da mesa, acabou-se a esperança.

Plano de negócios

#7 – Tenha um plano de negócios

Consequentemente, como empreendedor, você precisa pensar em todos os aspectos do seu negócio.

Deste modo, desde o problema que deseja resolver até como o executará. 

Em suma, um plano de negócios geralmente contém pesquisa de mercado, benchmark do concorrente, análise SWOT e finanças. 

Também, será útil não só para você colocar a “ideia” no papel e ter um foco claro.

Mas, também para verificar se está atingindo seus objetivos durante a execução do projeto.

#8 – Faça pesquisa de mercado

Enfim, você precisa pesquisar extensivamente o seu mercado, sem levar em consideração seus parentes e amigos.

#9 – Forneça apenas informações precisas

Principalmente, este se aplica a todos os tipos de negócios, independentemente dos produtos que você fornece. 

Então, para cada item, você deve fornecer uma descrição e mais detalhes, como dimensões, materiais, finalidade, etc.

#10 – Dê a seus clientes o que eles desejam

Agora que cuidamos dos detalhes importantes do negócio, vamos falar sobre algo um pouco mais divertido: como dar aos seus clientes fantásticos o que eles desejam. 

Sobretudo, os clientes de artesanato não estão procurando um item produzido em massa que possam comprar sem cerimônia em uma grande loja por um preço com desconto. 

Em vez disso, eles procuram peças únicas e originais de artesãos reais com quem possam se conectar. E isso é incrível.

#11 – Trabalhe nisso todos os dias – mas seja paciente

Principalmente, um dos meus mantras mais favoritos quando se trata de negócios é este:

Lembre-se: é uma maratona, não um sprint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *