Pixi.

Pixi is a creative multi-concept WordPress theme will help business owners create awesome websites.

Address: 121 King St, Dameitta, Egypt
Phone: +25-506-345-72
Email: [email protected]

Dicas para e-commerce plus size

  • Por Josele Delazeri
  • 6 de abril de 2021
  • 0 Comentários
  • 30 Visualizações

 

Dicas para e-commerce plus size

Na verdade, roupas plus size não são de forma alguma novas. 

Em outras palavras a marca Lane Bryant, por exemplo, foi fundada em 1900 em Nova York.

Entretanto, a primeira varejista de roupas femininas na América dedicada exclusivamente ao plus size. 

De acordo com a Associação Brasileira do Vestuário no ano passado, o mercado de moda plus size cresceu 8% e movimentou mais de R$ 7 bilhões.

Então, apesar das complexidades, há evidências crescentes de que a inclusão de tamanho não é uma moda passageira.

Portanto, sugere que oferecer apenas uma faixa estreita de tamanho no e-commerce está se tornando indefensável. 

Dessa forma, a boa notícia é que, no final do difícil caminho, estão as vendas e os lucros no e-commerce. 

Além de clientes satisfeitos no e-commerce.

A propósito, é uma melhoria para os consumidores do e-commerce.

Do mesmo modo, os varejistas de fast fashion responderam rapidamente com o dimensionamento inclusivo.

Por fim, as marcas de luxo, geralmente responsáveis por determinar as tendências principais.

Todavia, só recentemente começaram a abraçar o dimensionamento inclusivo como uma nova prioridade. 

Por certo, corpos de todos os tamanhos e formas não são “novos”.

Mas, muitas vezes a indústria da moda gostaria que parecesse dessa forma.

Como ajudar seus clientes a escolher o tamanho certo no e-commerce

De fato, se você perguntar a um varejista de e-commerce de moda  em crescimento.

Portanto, especialmente um e-commerce de roupas de várias marcas, sobre seus maiores problemas.

Logo, eles dirão que ‘Pedidos de devolução’ são definitivamente um deles.

Assim, os clientes pedem uma peça de roupa, sapato, etc.

Então, depois os devolvem, não porque não gostaram, mas porque não lhes serviu.

Por isso, é muito importante ter todas as medidas no e-commerce: braço, coxa, não só as medidas tradicionais.

Afinal, cada corpo é diferente!

Dessa forma, uma dica prática para seu e-commerce.

Por exemplo, nossa recomendação de tamanho considera as medidas corporais dos clientes.

Bem como, as medidas específicas de cada produto. 

Logo, oferecemos uma recomendação completa que supera as expectativas do cliente, criando confiança na escolha do tamanho.

Do mesmo modo, outro exemplo é Gita Omri que adota uma abordagem mostrando uma ampla gama de tamanhos para sua linha de tamanho estendido. 

Assim, para o e-commerce, ela sempre fotografa uma modelo tamanho 38 e uma modelo tamanho 50 no mesmo quadro, usando a mesma roupa.

Dessa forma, para que os clientes possam ver como fica o produto em diferentes tipos de corpo. 

Compreenda as terminologias de dimensionamento

Por fim, existem alguns termos pré-definidos usados para guias de tamanho que podem ser usados para se comunicar com os visitantes do e-commerce sobre os tamanhos. 

No entanto, se você não estiver bem acostumado com eles, pode acabar confundindo os clientes em potencial que podem abandonar as compras em seu e-commerce devido ao problema de tamanho.

Termos como curto, médio, pequeno, plus size, etc. são geralmente usados para mulheres.

Logo, grande ou robusto para homens. 

Assim, familiarize-se com esses termos e sua interpretação para usá-los nos gráficos de tamanhos no e-commerce.

Sucesso demonstrado

De fato, sucesso demonstrado. 

Realmente, catálogos e lojas de tamanhos especiais já existem há muito tempo.

Todavia, coletivamente, representam um grande segmento de mercado. 

Ainda assim, de alguma forma, eles eram vistos como um nicho ou situações incomuns. 

A propósito, nos últimos anos, porém, marcas lançaram campanhas de marketing vencedoras para “pessoas de verdade”. 

Portanto, os principais varejistas tradicionais estão tendo sucesso ao investir nessa oportunidade. 

Também, marcas mais novas apenas online, estão percebendo um forte crescimento no e-commerce.

Em suma, a demanda por roupas plus size não deixou os manequins intocados. 

Ao passo que agora atraem o máximo de atenção, os modelos customizados agora podem ser vistos vestindo coleções nos tamanhos 50 e 52.

Todavia  com bumbum largo e curvas. 

Portanto, essas novas exibições são um lembrete de que os plus size também são uma parte significativa da indústria de roupas no e-commerce.

Agora estão exigindo uma escolha de roupas melhor do que nunca. 

Consequentemente, mais e mais produtores, designers e varejistas têm se voltado para atender às crescentes exigências desse nicho de mercado.

Também no e-commerce!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *